/Adalto Alves
­

About Adalto Alves

Adalto Alves é bacharel em Filosofia pela UFG. É produtor e debatedor do programa DQD, de segunda à sexta das 18h às 19h.

julho 2017

Como cultivar a boa memória

Por |17 de julho de 2017|

O primeiro disco da minha vida foi um compacto duplo de Elvis Presley. Duplo porque tinha quatro músicas, duas de cada lado. Compacto porque era um disquinho de vinil, menor do que um LP, maior do que um CD. Ainda lembro do repertório, três rocks e uma balada: Jailhouse Rock, Hound Dog, Heatbreak Hotel e […]

junho 2017

Como separar os homens dos meninos

Por |28 de junho de 2017|

Isca – Volume 1, da banda Isca de Polícia, leia-se Paulo Lepetit (baixo, vocal), Marco da Costa (bateria), Jean Trad (guitarra lado direito), Luiz Chagas (guitarra lado esquerdo), Vange Milliet e Suzana Salles (vocais), é um disco atemporal. Ele jamais perderá sua capacidade assombrosa de ser radicalmente moderno.

O grafismo da capa de Gal Oppido é […]

Como dar o fora na Mulher-Maravilha

Por |20 de junho de 2017|

Diana, a Mulher-Maravilha, cresceu em uma ilha habitada por mulheres. Como pode ser feminista se nunca foi vítima da opressão masculina? Mas ela é oprimida pela mãe, que não quer que ela receba o treinamento de uma guerreira.

Vamos combinar que o problema é a autoridade e não o sexo de quem a exerce. Ou o […]

Como falar para o seu pai que ele é o cara

Por |13 de junho de 2017|

Meu pai faz aniversário em junho. Por isso, ele se chama João. Nome simples, de homem do povo, e nome de santo. São João batizou Jesus. Seu João se casou com a dona Angelina e, do casamento, nasceram quatro filhos. Entre os quais, eu sou o mais velho. Eu também faço aniversário em junho.

Sou 20 […]

Como fazer um convite irrecusável

Por |07 de junho de 2017|

Entrevistei Paulo Betti em outubro de 2012. Ele estava no elenco da peça Deus da Carnificina, com Júlia Lemmertz, Orã Figueiredo e Deborah Evelyn, sob direção de Emílio de Mello, no Teatro Madre Esperança Garrido. Eu estava no jornal O Hoje.

O texto de Yasmina Reza, traduzido na montagem brasileira por Eloisa Ribeiro, foi ao cinema […]

Como dar um passo na direção dos melhores

Por |01 de junho de 2017|

O selo Três Estrelas lançou Como Escrever Bem, de William Zinsser. Escrevi a frase três vezes, cada alternativa mais curta que a outra, antes do formato definitivo. Como começo a escrever esta coluna a mão (sim, eu faço isso), gerei duas bolinhas de papel. Uma para a cabeça de cada uma das minhas filhas, que […]

maio 2017

Como escrever a história da sua vida

Por |24 de maio de 2017|

Como disse antes, estou lendo Karl Ove Knausgärd e Elena Ferrante. Duas narrativas supostamente biográficas. Digo supostamente porque toda memória é construída. Não existe memória mais construída que a narrativa literária. Marcel Proust que o diga.

 

É interessante notar contrastes no desenrolar das histórias. Especialmente no ritmo. Elena é calorosa, rápida e apaixonada. Karl Ove é […]

Como cantar Beatles de um jeito diferente

Por |10 de maio de 2017|

As meninas foram dormir na casa da tia. O relaxante muscular (dor no ombro direito e síndrome do jogador de golfe no cotovelo) ficou para domingo. Não queria sonolência no sábado. O compromisso era inadiável: show dos Blues Beatles num pub da cidade.

O compromisso era inadiável para mim. Adriana foi comigo porque nos amamos e […]

Como viajar para mundos distantes

Por |03 de maio de 2017|

As manhãs de sábado foram feitas para a gente ir ao sebo. Não é preciso comprar nada, necessariamente. Basta ficar à vontade, cercado por livros e discos e pessoas amigáveis que gostam de livros e discos. Essas coisas ultrapassadas, que qualquer um pode baixar no computador, sem sair da casa e sem encontrar pessoas que […]

abril 2017

Como dar um mergulho no passado

Por |26 de abril de 2017|

A Montanha Mágica, de Thomas Mann, conta a história de um jovem engenheiro, Hans Castorp, que sobe ao sanatório Internacional Berghof, na cidade suíça de Davos-Platz, para visitar o primo, Joachim Ziemssen, militar que se recupera de uma tuberculose.

Lá em cima, no alto da montanha, isolado da vida prática de um mundo em convulsão, ele […]